Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

O início do fim de um governo sem representatividade

Este governo se apoderou dos cargos imaginando ser possível interromper as investigações. E por isso recebeu o apoio do Congresso mais corrupto da história brasileira.

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

Brasil: para entender 2016 , 2017 e 2018, um pouco mais de 2013

Em 2017, duas narrativas irão concorrer pelo protagonismo das disputas políticas no Brasil. Se em 2016 a ideia de que a corrupção foi inventada no PT justificou a derrubada de uma presidente sem qualquer prova concreta, no ano que vem haverá um aprofundam

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

O fim das aspirações internacionais brasileiras

O novo governo se satisfaz com o retorno do país a uma posição histórica secundária em nome do reforço de antigas alianças que mantiveram o Brasil estagnado na política externa

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

Eleições brasileiras: vitória da direita e equívocos da esquerda

Nem o PT, nem a esquerda souberam interpretar com rapidez a mudança na gênese das manifestações de 2013 e a apropriação da insatisfação popular pelos movimentos mais conservadores brasileiros.

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

PEC 241 e a grande tragédia brasileira

Como a linguagem ajuda a encontrar adesão, há quem comemore sua aprovação por acreditar que esta é uma tentativa de evitar que o corpo político brasileiro se refestele com dinheiro público. Ledo engano.

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

Resultados eleitorais no Brasil e suas conexões internacionais – parte II

O movimento de rejeição à política por aqui também bebe na fonte da candidatura de Donald Trump e sua ideia primária de que a política está viciada pelo jogo político e deve ser apropriada por quem sabe administrar e gerar empregos mas que, claro, não é p

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

Resultados eleitorais no Brasil e suas conexões internacionais – parte I

A rejeição aos políticos tradicionais é uma extensão de uma série de movimentos globais que têm capilaridade em função das novas configurações da experiência humana a partir da aproximação permitida pelas chamadas redes sociais

Brasil O início do fim de um governo sem representatividade

Eleições municipais de 2016 concluem processo iniciado em junho de 2013

Se até este ano PT, PMDB e PSDB disputavam as primeiras colocações como os principais partidos brasileiros, 2016 confirma uma grande desvantagem do PT. Depois do fechamento das urnas no domingo, o partido passou a ocupar a décima colocação, ficando atrás