Oriente Médio

Oriente Médio O nó a ser desatado

O nó a ser desatado

A UNIFIL está no sul do Líbano desde 2006. E, nesses últimos 12 anos, não foi capaz de interromper o fluxo de transferência de armamento de Irã e Síria ao Hezbollah. Hoje, o grupo conta com arsenal superior ao que mantinha ao fim do conflito da primeira d

Oriente Médio O nó a ser desatado

O principal impasse no conflito entre israelenses e palestinos – parte II

Os palestinos não têm como garantir a Israel que se os israelenses deixarem completamente a Cisjordânia este território não terá o mesmo destino de Gaza (tomada pelo Hamas e transformada em base de lançamentos contra o sul de Israel)

Oriente Médio O nó a ser desatado

O principal impasse no conflito entre israelenses e palestinos – parte I

Depois da fundação da Organização pela Libertação da Palestina (OLP), em 1964, e após a derrota dos países árabes na Guerra dos Seis Dias, os refugiados passaram a ser parte central do discurso. A permanência de seu status serviu desde então como ponto ce

Oriente Médio O nó a ser desatado

A dor de cabeça de Netanyahu

Israel é um país parlamentarista. É preciso habilidade extrema para se manter em seu cargo político executivo mais relevante. Netanyahu indiscutivelmente tem esta credencial, mas pode ser que a conta apresentada por Trump tenha um preço alto demais a se p

Oriente Médio O nó a ser desatado

O cessar-fogo entre Israel e Hamas

A frágil coalizão do primeiro-ministro e sua frágil trégua/não-trégua com o Hamas apontam a um possível impasse político a partir da análise que os israelenses têm feito: a de que o “acordo” atual não soluciona a situação de insegurança das comunidades vi

Oriente Médio O nó a ser desatado

A estratégia do Hamas para alcançar um novo patamar

O grupo terrorista pode ganhar status de Estado, já que é a entidade que oficialmente e de fato controla Gaza. Serão seus membros os responsáveis por decidir, direta ou indiretamente, o futuro do território em negociações com EUA e Israel. Não apenas sob

Oriente Médio O nó a ser desatado

Quem pode ter a saída para a crise atual com o Irã?

O aspecto mais fundamental ao regime iraniano é sua própria sobrevivência. Para os americanos, há algumas questões inegociáveis, entre elas a segurança de seus aliados regionais – as monarquias sunitas do Golfo, sob liderança da Arábia Saudita, e Israel.

Oriente Médio O nó a ser desatado

O ambiente regional em torno do “Acordo do Século”

A ideia quanto à possibilidade de se chegar a alguma forma de entendimento – mesmo provisoriamente – de “fora para dentro” é até bastante coerente com o modelo de atuação do atual governo americano.